domingo, 24 de outubro de 2010

Um homem pode ficar doente e abatido, ou saudável e forte, de acordo com o estado dos centros e de suas precipitações, as glândulas. Deve-se lembrar sempre que os centros são os principais fatores que influenciam o plano físico e por meio dos quais a alma opera e expressa sua vida e qualidade de acordo com o ponto atingido no processo evolutivo; deve-se lembrar também que o sistema glandular é apenas um efeito - inevitável, por certo - dos centros por meio dos quais a alma opera. Por isso, as glândulas expressam plenamente o grau evolutivo do homem, e, de acordo com esse grau, são responsáveis por defeitos e limitações e perfeições realizadas. A conduta e o comportamento do homem sobre o plano físico são condicionados e controlados e determinados pela natureza de suas glândulas, e estas são condicionadas, controladas e determinadas pela natureza, a qualidade e a vitalidade dos centros; estes, por sua vez, são condicionados, controlados e determinados pela alma, de modo que cada vez mais eficaz à medida que a evolução procede. Antes de serem controlados pela alma, são condiciona-dos, qualificados e controlados primeiro pelo corpo astral e depois pela mente. O objetivo do ciclo evolutivo é o de efetivar esse controle, esse condicionamento e esse processo de determinações por parte da alma; os seres humanos de hoje encontram-se em todos os estados possíveis e imagináveis de desenvolvimento dentro desse processo.

                                                                                                    - Alice A. Bailey



Nenhum comentário:

Postar um comentário

De sua opinião, ela é muito valiosa. Obrigada!