domingo, 7 de novembro de 2010

"COMO TRATAR ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO COM TERAPIA FLORAL"

Deve-se em primeiro lugar observar bem a situação física,emocional e psicológica que o animal se encontra, as características, o seu habitat natural, personalidade, o tratamento que o dono dá ao seu animal. Enfim, toda a história do animal deve ser analisada pelo Terapeuta.

Aqui passo algumas dicas genéricas de uso:
- Medo de rojões, fogos, trovões, medos de coisas conhecidas - Mimulus.
- Medo de rojão, barulho forte, trovão. O animal tenta esconder-se e muitas vezes chora - Bipinatus.
- O cão é muito agressivo, avança em qualquer pessoa, até mesmo sem motivo - Psidium
- Seu animal é um dominador inflexível. Tenta dominar o proprietário ou outros animais - Vine.
- Seu animal é muito implicante com pessoas e animais - use Beech.
- Éca!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Seu animal come fezes(coprofagia), muito comum por sinal - Crab Apple.
- Lá está ele lambendo e mordiscando as próprias patas até fazer feridas - use Momordica.
- Nos problemas de ouvido ou pele - use Heliotropium.
- Seu cão late exageradamente para chamar sua atenção - Verbenácea.

O tratamento Floral não tem contra-indicações, nem efeitos colaterais, pode ser usado em cachorros, gatos, peixes, aves, tartarugas e qualquer outro tipo de animal.
Sua eficácia depende da escolha correta do Floral a ser administrado.
Os animais respondem muito rapidamente ao seu uso.
Experimente com o seu querido animalzinho, ele vai adorar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

JANICE ANGELOTTI
Terapeuta Floral



Nenhum comentário:

Postar um comentário

De sua opinião, ela é muito valiosa. Obrigada!