terça-feira, 26 de abril de 2011

DOR - Ponto de Vista da Psique

A dor é definida como sensação desagradável, variável em intensidade e em extensão de localização, produzida pela estimulação de terminações nervosas.
Simboliza o sentimento de solidão e desamparo. Reflete culpa e autocastigo inconscientes relacionados à impossibilidade de resolver os problemas existenciais.
Aguda - Culpa, autocastigo.
Contínua - Desejo de ser amado, abraçado.
De cabeça - autonegação, autocrítica, medo. Sinal da alma de que está fazendo muito, que está impondo a si mesmo mais responsabilidade do que pode suportar.
Generalizada - dificuldade de expressar os sentimentos e de direcionar a vida, expressão afetiva bloqueada, angústia existencial, agressividade reprimida, marcas de abuso ou violência na infância, dificuldade de lidar com perdas significativas e com estados depressivos.
Cervical - mostra sensação de não ser querido e o medo de não poder conservar o amor. Falta de apoio emocional para a sobrecarga de responsabilidade.
Torácica - o tórax representa o eu, o privado e pessoal. Problemas nessa região indicam armaduras levantadas para proteger-se da rejeição e do perigo de mudanças. Associa-se também a culpa, busca de castigo, autocompadecimento e ligações com o passado.
Sacro-lombar - afetos ocultos ligados à sensação de culpa ou a uma rejeição da maturidade. Medo da falta de apoio financeiro.
Ciática - medo do futuro e da falta do dinheiro.
Nas mamas - cóleras não assimiladas(quando se trata de sensibilidade ao toque), desejo de maternidade, de realização feminina(mama esquerda), desejo de realização do masculino (mama direita), falta de alegria de viver e nutrição emocional.
Nos rins - problemas entre os parceiros.

Janice  Stamm
Terapeuta  Holística
janiceastamm@hotmail.com
(41)9672-9962

.~.~.~.~.~.~.~.~.~.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

De sua opinião, ela é muito valiosa. Obrigada!