quarta-feira, 20 de julho de 2011

AROMATERAPIA - Cura pelos Aromas

E pensar que tudo começou com uma queimadura de um químico francês René Maurice Gattefossé em 1937. Depois de uma experiência errada em sua fábrica de perfumes, e sabendo que a lavanda era utilizada na medicina para queimaduras, ele mergulhou a mão numa tinta de óleo puro de lavanda, usado na preparação de perfumes. Após observar que sua mão havia se recuperado rapidamente, Gattefossé começou a estudar as propriedades medicinais dos óleos essenciais.
Os óleos essenciais são compostos pelas substâncias mais voláteis das plantas, são extraídos através de um processo de destilação por evaporação ou por pressão a frio. Para se obter óleos essenciais puros, nenhum outro produto ou substância química devem ser usados durante o processo de extração, uma vez que esses prejudicariam a composição orgânica natural do material vegetal. De fato, todos os óleos essenciais são compostos de diferentes moléculas orgânicas que, atuando em conjunto, dão ao óleo seu perfume característico, assim como qualidades terapêuticas específicas.
Alguns óleos essenciais são conhecidos por suas propriedades antivirais e antibacterianas, podendo ser usados para tratar infecções como herpes simples, infecções dermatológicas e intestinais e gripe.  Talvez o óleo mais usado seja o óleo essencial de eucalipto, que quando inalado, exerce ação restauradora sobre o aparelho respiratório, funcionando como agente antibacteriano e antiviral, além de expectorante.
O Stress superestimula o sistema nervoso simpático, forçando os músculos a se contrair e, finalmente, se encurtar. Certos óleos essenciais, quando inalados, podem ajudar a alinhar o sistema nervoso simpático, fazendo com que sua ação entre em equilíbrio com a do sistema nervoso parassimpático; isso reduzirá os efeitos negativos que o stress possa ter sobre o sistema músculo-esquelético.

Lista de alguns óleos essenciais e seus usos:
Alfazema - irritação da pele, acne, eczema e queimaduras. Ansiedade, depressão, debilidade, irritabilidade, palpitações.

Salvia - tônico completo e pode ajudar a reduzir a fadiga, irritabilidade e depressão, estimulando a auto-estima, além de diminuir o stress total no corpo. Garganta irritada.

Alecrim - debilidade generalizada, perda das funções nervosas, dor de cabeça, fadiga mental, memória fraca, tosse, coriza.

Camomila - Ansiedade, depressão, histeria, insônia, irritabilidade, nevralgia, todo tipo de dores e tensões.

Erva-doce - por suas qualidades diuréticas e pela maneira como age sobre os hormônios, é excelente como auxiliar nos regimes de emagrecimento.

Melissa - pressão alta de fundo emocional, choque, tensão, age como tônico.

Janice Angelotti
Terapeuta Floral
janiceastamm@hotmail.com
(41)9672-9962

#.#.#.#.#.#.#.#.#.#

Nenhum comentário:

Postar um comentário

De sua opinião, ela é muito valiosa. Obrigada!